Doenças condições de gatos

Edema Cerebral em Gatos

Edema Cerebral em Gatos

Edema Cerebral Felino

O edema cerebral é inchaço do cérebro e é mais frequentemente causado por traumatismo craniano em pacientes veterinários, como gatos. O edema cerebral também pode ser causado por falta de oxigênio, diminuição do fluxo sanguíneo para o cérebro, tumores cerebrais, toxinas e distúrbios metabólicos, como diabetes e anormalidades eletrolíticas.

Tanto gatos quanto cães podem sofrer de edema cerebral. Trauma na cabeça é mais comum em animais jovens e menores.

O que observar

Os animais com edema cerebral podem variar de maçantes e sem resposta a ficar em coma, dependendo da gravidade do inchaço do cérebro. Eles são frequentemente cegos, muito fracos ou incapazes de andar e podem ter convulsões.

Diagnóstico de Edema Cerebral em Gatos

  • História e exame físico
  • Exame neurológico para avaliar a função cerebral
  • Hemograma completo / perfil bioquímico / exame de urina para descartar doenças metabólicas ou exposição a toxinas
  • Eletroencefalograma (EEG) para avaliar as ondas cerebrais e o grau de dano cerebral. Isso é feito com pouca frequência e apenas em hospitais especializados.
  • RM do cérebro para procurar tumores ou anormalidades cerebrais específicas. Isso também deve ser realizado em um hospital especializado
  • Tratamento de edema cerebral em gatos

  • Tratamento de quaisquer doenças subjacentes identificadas
  • Cuidados de suporte, incluindo oxigênio suplementar, elevação da cabeça e monitoramento cuidadoso do estado neurológico
  • O manitol é um medicamento diurético que pode ser usado para diminuir o inchaço do cérebro e diminuir a pressão dentro da cavidade craniana.
  • Às vezes, os esteróides são usados ​​para diminuir a inflamação do tecido cerebral, mas esses medicamentos são um tanto controversos e usados ​​com menos frequência do que anteriormente
  • Cuidados e Prevenção

    O edema cerebral geralmente é um distúrbio com risco de vida e deve ser tratado pelo seu veterinário. Depois que seu animal é enviado para casa, é importante monitorar cuidadosamente o comportamento e a atitude mental para garantir que ele esteja se recuperando adequadamente.

    Evitar situações traumáticas é um meio de prevenir o edema cerebral. Filhotes e gatinhos são frequentemente vítimas de trauma acidental devido ao seu pequeno tamanho. A acomodação apropriada de animais jovens é importante para sua segurança.

    Assista o vídeo: Trauma crânio encefálico em cães (Novembro 2020).