Doenças condições de gatos

Estrutura e função da cauda em gatos

Estrutura e função da cauda em gatos

Abaixo estão informações sobre a estrutura e função da cauda felina. Falaremos sobre a estrutura da cauda, ​​como funciona e doenças comuns que afetam a cauda em gatos.

O que é a cauda?

A cauda é a parte posterior alongada de um gato que se estende além do tronco ou parte principal do corpo.

Onde está localizada a cauda?

A cauda está localizada no final da coluna vertebral. É a parte mais posterior da espinha dorsal.

Qual é a estrutura geral da cauda de um gato?

A cauda é composta por até 20 vértebras caudais flexíveis e articuladas, dependendo da espécie, raça e indivíduo. Essas vértebras são delimitadas por uma musculatura versátil, tornando os vários segmentos, especialmente a ponta, capazes de movimentos finos que elevam a cauda, ​​movem-na de um lado para o outro ou puxam-na para o ânus ou entre as patas traseiras. Os músculos caudais ou da cauda ficam nas vértebras lombares e sacro (da região lombar) e nas vértebras da cauda, ​​e inserem-se exclusivamente nas vértebras caudais (cauda). Os músculos estão ligados às vértebras da cauda por tendões. Os tendões mais posteriores se ligam às últimas vértebras da cauda.

Parte da musculatura da cauda é formada a partir de músculos associados ao reto, ânus e diafragma pélvico. Quatro a sete nervos emparelhados servem os músculos da cauda. Esses músculos têm muitos tendões que se inserem da quinta ou sexta vértebra caudal, depois para a próxima vértebra e assim por diante até o final da cauda.

Quais são as funções da cauda felina?

A cauda do seu gato é sensível e receptiva, e muitas vezes sinaliza seu humor e motivação. Normalmente, você pode dizer o que seu gato está sentindo, observando os movimentos da cauda. Alguns movimentos básicos e seu significado estão listados abaixo:

  • Cauda mantida ereta durante todo o comprimento - cumprimento amigável a outro gato ou humano
  • A cauda se curva suavemente para baixo e depois na ponta - gato relaxado e em paz com o mundo
  • Cauda levantada ligeiramente e suavemente curvada - o gato se interessa por algo
  • Cauda abaixada e possivelmente dobrada entre as patas traseiras - sinal de derrota ou submissão total
  • Cauda balançando de um lado para o outro - gato bravo ou gato prestes a atacar de maneira predatória
  • Cauda parada, mas com espasmos nas pontas - irritação leve
  • Cauda mantida de lado - convite sexual de uma fêmea no cio

    Os gatos não usam apenas as caudas para demonstrar emoção; eles também os usam para se equilibrar (embora gatos sem cauda também manejem bem). Se um gato estiver caminhando por uma borda estreita e quiser olhar para um lado, ele automaticamente mudará a cauda para o outro lado para reposicionar o centro de gravidade do corpo, de modo que permaneça diretamente sobre a borda.

    Seu gato também pode abanar o rabo, o que aumenta sua habilidade como caçador. Ao balançar o rabo, ele hipnotiza sua presa. Como seu gato não pode ver bem a presa se ficar imóvel, ele move a cauda para atrair pequenos movimentos do alvo, o que ele pode ver.

  • Quais são as doenças comuns da cauda de um gato?

  • Malformação congênita ou ausência da cauda
  • Trauma - com fraturas ou luxações das vértebras, feridas nos tecidos moles e possivelmente paralisia da cauda
  • Alopecia - perda de cabelo na cauda
  • Stud-tail - um espessamento oleoso do topo da base da cauda
  • Tumores da cauda - benignos e malignos
  • Que tipos de testes de diagnóstico são usados ​​para avaliar a cauda?

    Vários testes são usados ​​para diagnosticar distúrbios da cauda. Esses incluem:

  • Raios-X)
  • Tricograma (exame microscópico do cabelo)
  • Raspas de pele
  • Cultura fúngica
  • Biópsia de pele ou biópsia de massas
  • Teste eletrodiagnóstico dos músculos e nervos da cauda
  • Possivelmente tomografia computadorizada ou ressonância magnética da região lombar