Clínica de cuidado de animais domésticos

10 maneiras de ajudar um cão artrítico

10 maneiras de ajudar um cão artrítico

Artrite refere-se a inflamação ou inchaço em uma articulação. A causa pode ser um desenvolvimento anormal dos ossos ou articulações, instabilidade dos ligamentos e tendões circundantes, danos ou lesões na articulação, infecção ou lesão causada pelo sistema imunológico. Embora os medicamentos anti-inflamatórios sejam tratamentos populares para a artrite, outra abordagem envolve a proteção da cartilagem na articulação e a "nutrição" da articulação. Aqui estão 10 dicas que podem ajudar seu cão artrítico.

1. Piso antiderrapante. O piso de madeira e ladrilhos é escorregadio e pode ser muito difícil para os cães com artrite navegarem. Colocar tapetes ou tapetes ajuda a proteger o pé do seu cão. Isso pode ajudar a impedir que ele escorregue e se machuque.

2. Uma cama macia. Roupa de cama macia pode ajudar a apoiar os ossos e articulações, tornando seu animal de estimação mais confortável. Isso pode ser especialmente importante em cães magros, nos quais é provável que as proeminências ósseas esfreguem em superfícies duras. Algumas camas são feitas especialmente para cães com artrite, como camas de água, camas de rede e camas com muita almofada extra.

3. Rampas ou cubos. Escadas e móveis podem se tornar obstáculos difíceis para o seu companheiro de envelhecimento. Rampas ou cubos especialmente projetados podem ajudar os animais de estimação a subir escadas com segurança, entrar ou sair da cama ou entrar e sair do veículo. As rampas podem ser feitas de plástico ou madeira e estão disponíveis em muitos catálogos para animais de estimação. Um novo produto chamado "Puppy Stairs" são cubos modulares macios que se encaixam em combinações que permitem que os animais de estimação subam ou desçam de camas ou sofás. Estes cubos são feitos de borracha macia, têm cantos arredondados e capas laváveis. Para mais informações sobre "Puppy Stairs", visite www.puppystairs.com.

4. Medicação. Estão disponíveis vários medicamentos que podem ajudar seu animal de estimação a se sentir melhor. Os medicamentos incluem medicamentos como Deramaxx®, Rimadyl® ou Etogesic®. Esses medicamentos são classificados como anti-inflamatórios não-esteróides e trabalham para suprimir a inflamação e a dor, inibindo a síntese da classe de compostos chamados prostaglandinas. Outros medicamentos, como o Cosequin®, também podem ser benéficos, o que pode funcionar fornecendo ao organismo os nutrientes necessários para o reparo e a função da cartilagem. Consulte seu veterinário para discutir se algum medicamento pode beneficiar seu animal de estimação.

5. Paz e tranquilidade. À medida que seu cão envelhece, ele pode não ser tão tolerante ou paciente quanto costumava ser. Articulações doloridas tornam difícil para o seu animal de estimação desfrutar de crianças brincalhões indisciplinadas. Supervisione a brincadeira e considere manter seu cão longe de crianças muito pequenas. Até festas e férias podem ser angustiantes para um cão artrítico. Ele pode querer participar das festividades, independentemente do desconforto. Para reduzir a dor nas articulações e a inflamação, você pode limitar o tempo dele como centro das atenções.

6. massagem. A massagem pode aumentar a flexibilidade, circulação, calma e uma sensação geral de bem-estar. Consulte o artigo relacionado “Como fazer uma massagem no seu cão”. Massoterapeutas profissionais estão disponíveis para fornecer ao seu animal de estimação um tratamento mais completo.

7. Controle de Peso e Terapia Dietética. A artrite é mais um problema em animais obesos. A perda de peso pode ser benéfica, ajudando a reduzir a carga de trabalho nos ossos e articulações. Leia o artigo "Seu cão é gordo demais" para determinar se seu animal de estimação está acima do peso. Veja Obesidade em Cães para saber como ajudar seu cão obeso. Além da perda de peso básica, dietas formuladas para animais de estimação com artrite podem ser benéficas em alguns cães. Dietas, como Hills® Science Diet® j / d ™ e Purina® JM Joint Mobility ™, suplementadas com ácidos graxos ômega-3, glucosamina e sulfato de condroitina, demonstraram ajudar os cães com artrite a manter o peso, reduzir a dor e melhorar a mobilidade.

8. Exercício. O exercício diário modesto pode ajudar alguns cães. É necessário cuidado especial, por isso é importante consultar primeiro o veterinário, que pode recomendar um programa de exercícios apropriado. O exercício pode fortalecer os músculos e ligamentos, reduzindo assim o potencial e o risco de lesões. Veja A importância do exercício no cão idoso para ajudar a explicar por que isso é tão importante para o seu amigo artrítico.

9. Prorrogação. Não apresse um cão com artrite. Geralmente, eles levam tempo extra para caminhar, subir escadas ou entrar e sair do carro. Apoie e ajude-os, se necessário, ou dê-lhes tempo extra para se locomover.

10. Higiene. A preparação não deve ser negligenciada, especialmente no cão mais velho. Os cães artríticos têm dificuldade em manter-se limpos, especialmente nas áreas de difícil acesso. Ajude o seu cão a ficar limpo, aparando os pêlos ao redor da extremidade traseira. Escovar ajudará a remover tapetes e emaranhados, o que pode ferir a delicada pele mais velha.